14 julho , 2016

Enfim, um alívio para o bolso do produtor de leite. Depois de um ano de alta, os custos de produção da atividade tiveram queda em julho, em relação a junho deste ano.

Segundo o Índice Scot Consultoria de Custo de Produção, houve recuo de 1,6%, na comparação com o mês anterior. As quedas nos preços dos fertilizantes, combustíveis e concentrados energéticos, com destaque para o milho, com queda de 15,0% no período, contribuíram para este cenário.

Porém, em um ano, os custos da pecuária leiteira acumulam alta de 24,3%. Ou seja, mesmo com a alta do preço do leite pago ao produtor, de 16,6% em um ano, as margens continuam estreitas.

Fonte: Agrolink

Voltar
Top