14 novembro , 2016

As exportações de couros e peles do Brasil cresceram 2,3% em outubro, para US$ 161,9 milhões, US$ 3,6 milhões mais que em outubro de 2015, informa o Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB). Com base nos dados da Secretaria de Comércio Exterior do MDIC, o CICB destaca que em relação a setembro a receita é 7,4% superior.

O presidente executivo do CICB, José Fernando Bello, disse, em nota, que o resultado se deve ao crescimento dos embarques de couro acabado, que tem mais valor agregado. Couros nas formas acabada e semiacabada já respondem por quase 70% das vendas brasileiras a importadores em 2016, com incremento de volume de 12,2% e 84%, respectivamente.

Ainda conforme a CICB, o Rio Grande do Sul lidera o ranking dos estados que mais comercializam couro para o mercado externo, respondendo por 21,6% das exportações. São Paulo está em segundo lugar, com 20,8%, e Goiás em terceiro, com 14,9%. O produto brasileiro vai para 75 destinos.

Fonte: Portal Revista Globo Rural

Voltar
Top