3 outubro , 2012

Produtores de Paragominas (nordeste do PA) e empresas, como o Grupo J.Demito, contribuíram para retirar o município da lista, feita pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), dos que mais desmatavam a Floresta Amazônica através do manejo sustentável dos recursos naturais. Além disso, inseriram 80% das propriedades do município no Cadastro Ambiental Rural (CAR), com a ajuda da ONG The Nature Conservancy (TNC).

Para nunca mais voltar a fazer parte da lista negra do MMA e permanecer com o título de “Município Verde”, os decidiram investir no programa de adequação ambiental e agrícola das propriedades, mudando a maneira de produzir e cuidar das pastagens. Uma das iniciativas foi a implantação da Reserva Legal, que consiste na plantação de mudas nativas em áreas degradadas, as quais devem permanecer intocadas até atingirem a maturidade e poderem ser exploradas novamente.

Veja a reportagem completa sobre as iniciativas dos produtores para o desenvolvimento sustentável do Norte no portal de notícias G1:

http://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2012/09/paragominas-no-pa-vira-exemplo-de-desenvolvimento-sustentavel.html

Voltar
Top