8 fevereiro , 2013

A construção da Passarela do Rio Neblina, iniciativa do Grupo J. Demito em parceria público-privada, continua sendo motivo de satisfação para os moradores da cidade de Araguaína, que não precisam mais passar pela avenida e disputar o espaço com caminhões e carros.

Sérgio Soares é morador de Araguaína e apoia a iniciativa do Grupo, mas faz um alerta. “A construção da passarela foi ótima, antes todo mundo que fazia caminhada tinha que pisar na estrada, era muito perigoso, o risco de acidente era grande. Mas mais uma vez o empresário teve que arregaçar as mangas e o capital privado fez o que o Estado deveria ter feito”, enfatizou.

A parceria não só contribuiu para a segurança da população, já que o fluxo de caminhões pesados vindos da Belém-Brasília não representa mais risco, mas também transformou a Marginal Rio Neblina em um ponto de encontro para os moradores da cidade que caminham, correm ou pedalam pelas suas calçadas. Para o secretário municipal da Indústria, Comércio e Turismo, Nahim Halum, o investimento de R$ 40 mil foi muito proveitoso. “É importante essa parceria para o município, porque às vezes só o poder público não consegue trazer todos os benefícios necessários para a comunidade”.

A construção da passarela é mais uma ação desenvolvida pelo Grupo J. Demito em prol do bem-estar social e do meio ambiente, que comprova o sucesso e a credibilidade do Projeto Sementes do Futuro. Além de incentivar a conscientização dos colaboradores, o Grupo procura estender o projeto para fora da empresa, e mostrar para a população da cidade que essas ações são importantes para o bom convívio e para a preservação ambiental.

Com informações: site Diário do Congresso

Voltar
Top