7 Março , 2018

Instabilidades associadas ao ar quente e úmido tomam conta do Nordeste e aumentam as chances de chuva sobre o Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) nos próximos dias. O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), inclusive, alerta para o perigo com altos acumulados nesta terça e quarta-feira em áreas mais ao Norte da Bahia.

De acordo com o instituto, até amanhã, as chuvas nessa região do estado da Bahia devem ficar entre 20 a 30 mm/h ou até 50 mm/dia. No entanto, o risco de alagamentos e pequenos deslizamentos é baixo, em cidades com tais áreas de risco. O aviso vale para até às 23h59 desta quarta-feira (6).

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 174 horas (07/03 a 13/03) para todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 174 horas (07/03 a 13/03) para todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

A Climatempo ressalta ainda que a partir de amanhã, com a chegada de uma frente fria, as instabilidades aumentam ainda mais sobre a Bahia e também em áreas do Maranhão e do Piauí. No Sul da Bahia, as condições para chuva são altas.

“Em Salvador, São Luís e em Fortaleza ainda chove de forma moderada. Na costa leste do Nordeste, só não deve chover entre João Pessoa e Recife. Natal, Maceió e Aracaju, muito sol, calor e pancadas rápidas”, noticiou a empresa meteorológica.

As chuvas nos próximos dias sobre o Matopiba devem atrapalhar o avanço dos trabalhos de colheita da safra de grãos em algumas localidades. Portanto, produtores devem estar atentos às previsões específicas. Essa condição de mais instabilidades nos próximos dias não fica restrita ao Matopiba.

“A primeira quinzena de março será marcada por chuvas regulares e em bons volumes sobre todo o Brasil, sendo que os maiores volumes e até mesmo chuvas bem mais regulares e abrangentes serão observadas sobre a metade norte do país. Os altos volumes poderão atrapalhar e até mesmo inviabilizar os trabalhos de campo durante a semana que vem”, reportou a Climatempo.

 

Veja o mapa das áreas com previsão de altos acumulados nesta 3ª e 4ª:

Mapa das áreas com previsão de altos acumulados nesta 3ª e 4ª / BA - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Fonte: Notícias Agrícolas

Voltar
Top